quinta-feira, 19 de março de 2015

As três peneiras de Sócrates...


Augustus procurou Sócrates:
- Sócrates,  preciso contar-lhe sobre alguém! Você não imagina o que me contaram a respeito de...

Sócrates nem permitiu que a frase fosse concluída:
- Um momento, Augusto. O que vai me contar já passou pelo teste das três peneiras?

- Que teste de peneiras você está falando, Sócrates?

- A primeira peneira é a da VERDADE: você tem certeza de que o que vai me contar é absolutamente verdadeiro?

- Não. Apenas me contaram!

- Então, infelizmente, suas palavras já vazaram pela primeira peneira, e consequentemente não deverias prosseguir... Mas vamos testar a segunda peneira da BONDADE. O que vai me contar é algo que você gostaria que falassem de você?

- Decididamente, não! 

- Então suas palavras vazaram também pela segunda peneira. Mas vamos ver se elas passariam pelo teste da terceira e última peneira: da UTILIDADE. Suas palavras serão úteis? Ajuda alguém? 

- Hum... temo que não, Sócrates!

- Se suas palavras não vazaram pelas 3 peneiras, então conte e faça o possível para divulgá-las, pois todos nós iremos nos beneficiar das mesmas. Caso contrário, não perca SEU tempo e o MEU com palavras que apenas produzirão discórdia e fofoca...

3 comentários:

  1. CURTO, GROSSO E OBJETIVO.
    TODOS DEVERÍAMOS AGIR ASSIM TAMBEM.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Todos deveríamos fazer este teste...

    ResponderExcluir
  3. Porque não tomamos esta postura equilibrada de Sócrates, a gente ouve estórias enquanto deveríamos ouvir as histórias, para o nosso próprio bem, assim n/ao perderíamos tempo e nem praticávamos os pecados, Abraços à todos,

    ResponderExcluir

Nesse exato momento seu comentário está sendo analisado, e caso NÃO possua palavrões será aprovado dentro de alguns minutos..

AGRADECIDO por postar seu comentário!! Você está contribuindo ainda mais para melhorar esse espaço que é de todos!! :-)

Grande abraço em Cristo!!

Anderson Rieper